Após testar servidores, TCE-MS retoma trabalho remoto por orientação de setor médico

Funcionários do tribunal haviam voltado ao expediente presencial na última segunda-feira (19)

Durou apenas dois dias a volta dos servidores do (Tribunal de Contas do Estado) ao expediente presencial. Em portaria baixada hoje (21), o presidente Iran Coelho das Neves resolveu retomar o trabalho remoto até o próximo dia 3 de novembro.

O ato leva em consideração resultados de testagens para covid-19 realizadas pelo setor médico do tribunal. A divisão orientou a volta ao expediente remoto “no sentido de mitigar os efeitos da propagação viral”, aponta portaria.

A reportagem procurou o a fim de saber quantos servidores foram submetidos a exames, bem como quantos testagem positivo. Mas, não houve resposta até a publicação deste texto.

O tribunal retornaria ao trabalho presencial no dia 1º de outubro, mas reviu a decisão para viabilizar a testagem de todos os seus 600 funcionários. Assim, remarcou a volta para a última segunda-feira (19). Dois dias depois, o voltou atrás.

Ainda segundo portaria, a retomada do home office não suspende os prazos processuais que tramitam no meio eletrônico.

Conforme dados da SES (Secretaria de Estado de Saúde), tem 78.360 casos confirmados de covid-19. Além disso, 1.518 pessoas morreram vítimas da doença. Campo Grande tem 34.370 ocorrências de novo coronavírus e 652 óbitos.

Após testar servidores, TCE-MS retoma trabalho remoto por orientação de setor médico
Mais notícias