Após pagar para rede privada, SED-MS faz acordo com Fertel para veicular aulas

Acordo de cooperação foi firmado nesta quarta-feira

A SED (Secretaria de Estado de Educação) firmou acordo de Cooperação com a Fertel ( Fundação Estadual Jornalista Luiz Chagas de Rádio e Televisão Educativa de Mato Grosso do Sul) para veicular as da Rede Estadual de Ensino. O acordo foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (27).

O objetivo da cooperação é formalizar e instrumentalizar a veiculação de Conteúdos Educacionais produzidos pela Secretaria Estadual de Educação de MS em Canal de televisão aberta para todo o Estado de MS e Capital, mediante multiprogramação.

O acordo foi firmado após a SED contratar a Rede MS Integração de Rádio e Televisão para nsmitir aos alunos por R$ 663.955,65 para televisiva simultânea de conteúdo escolar e educacional, para passar as aos alunos da Rede Estadual de Ensino.

Segundo o secretário-adjunto de educação, Edio Resende de Castro, explicou quando o conto foi firmado, a durante a pandemia do coronavírus deve atingir quase 200 mil alunos. “A empresa vencedora vai abrir dois canais exs e atingir vários locais. O processo foi aberto e emissoras do Estado mandaram as propostas. Venceu a que atinge maior número de alunos”.

A verba usada para pagar o conto, segundo o secretário-adjunto é estadual. “Podemos usar a verba da educação para isso. Enquanto tiver a na TV, continuaremos com as remotas”.

O conto de cooperação publicado nesta quarta terá vigência até 31 de dezembro de 2020.

Após pagar para rede privada, SED-MS faz acordo com Fertel para veicular aulas
Mais notícias