Após eleição, candidato de oposição no MPMS é designado para Vara de Violência Doméstica

Atuação será pelo período de um ano

Após participar de votação da lista tríplice para escolha do novo PGJ (Procurador-Geral de Justiça), o promotor de Justiça Ricardo Rotunno foi designado para atuar nos feitos e audiências relacionados à Vara da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Dourados.

A designação foi publicada no Diário Oficial do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) desta quarta-feira (8) e é feita sem prejuízo das demais funções do promotor, que é titular 16ª Promotoria de Justiça daquele município. Conforme a publicação, o promotor irá trabalhar pelo período de um ano nos feitos e audiências relativos aos cumprimentos das cartas precatórias relacionadas à violência doméstica e contra a Mulher.

Na primeira eleição que permitiu a participação dos promotores ao invés de apenas procuradores, o nome de Rotunno surgiu como opção à cúpula atual. No processo, ele obteve 54 votos. Ex-secretário da atual gestão do MPMS, o promotor de Justiça Alexandre Magno Benites Lacerda foi o mais votado da lista tríplice formada para escolha do novo PGJ (Procurador-Geral de Justiça) e indicado pelo governador Reinaldo Azambuja como substituto de Paulo César dos Passos.

Após eleição, candidato de oposição no MPMS é designado para Vara de Violência Doméstica
Mais notícias