Secretaria de Educação exonera mais 43 servidores que aderiram ao PDV

Somando com as exonerações de hoje, já são 56 servidores que pediram desligamento

A SED (Secretaria de Educação) publicou a relação de 43 servidores que aderiram ao PDV (Pedido de Desligamento Voluntário), no DOE (Diário Oficial do Estado) desta terça-feira (8). No dia 2 deste mês, já tinham sido exonerados 13 professores e agentes educacionais.

O maior número de servidores que pediu o desligamento é da SED, somando 67. Os funcionários que tiveram o pedido deferido, precisaram aguardar a exoneração, para deixarem os cargos.

Na lista publicada nesta terça-feira, são 14 professores com jornada de 20h cada; um especialista em educação com carga horária de 36 horas; 28 agentes de atividades educacionais. Confira os nomes clicando neste link e conferindo a partir da página 137.

No dia 2 deste mês, a SED publicou a exoneração de outros 13 servidores que pediram o desligamento. A adesão ao Pedido de Desligamento Voluntário encerrou na primeira semana de julho e teve 161 servidores com pedidos protocolados na SAD, sendo 132 deferidos.

Somadas, as indenizações giram em torno de R$ 8,2 milhões para os cofres do Executivo sul-mato-grossense. Na época, o titular da SAD, Roberto Hashioka, informou que a maioria dos trabalhadores que aderiram ao plano de demissões do Estado é do setor da saúde pública e educação.

Mais notícias