Operação ‘No-Show’ apura dispensa indevida de licitação em Água Clara

Gaeco foi até cidade do interior de Mato Grosso do Sul, onde cumpriu mandados de busca e apreensão

Operação No-Show cumpriu mandados de busca e apreensão nesta manhã em Água Clara (Foto: Gaeco)

Deflagrada na manhã desta terça-feira (19) pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado), braço do MP-MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), a Operação No-Show teve por objetivo apura eventual prática de dispensa indevida de licitação e crime de responsabilidade pelo peculato-desvio.

Feita em Água Clara, a 192 km de Campo Grande, a Operação cumpriu de mandados de busca e apreensão junto à Empresa Isabel Barbosa da Silva-ME, detentora do nome fantasia “Hotel Dois Irmãos” e também na residência da proprietária Isabel Barbosa da Silva, ambos expedidos pelo TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

A investigação é realizada pela Procuradoria-Geral de Justiça do Ministério Público, com o apoio do Gaeco, e apura prática de dispensa indevida de licitação e crime de responsabilidade pelo peculato-desvio.

De acordo com o MP, a operação é batizada de “No-Show” devido a prática do pagamento de diárias em hotel, sem o comparecimento do usuário. (Com assessoria)

Mais notícias