MPMS instaura inquérito e irá apurar falta de raio-x para atender pacientes em Dourados

Procedimento também quer oferecer opções aos pacientes desassistidos

O MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) instaurou inquérito civil para apurar ausência do serviço de raio-x a pacientes da rede pública de Dourados e região. A abertura do procedimento foi divulgada no Diário Oficial do MPMS desta segunda-feira (22).

Conforme a publicação, o processo será conduzido pela 10ª Promotoria de Justiça de Dourados. Além da apuração sobre a eventual ausência do serviço, o inquérito civil de  terá por objetivo criar medidas para acolhimento dos pacientes desassistidos.

Na ação, de n.º 06.2019.00000005-2, constam como requeridos o município de Dourados e o Estado de Mato Grosso do Sul. O responsável pelo procedimento será o promotor de Justiça Amílcar Araújo Carneiro Júnior.

O procedimento preparatório agora convertido em inquérito está à disposição dos interessados na sede do MPMS, na Rua João Corrêa Neto nº 400, Bairro Jardim Santo Antônio. Os autos também podem ser acessados no site do Ministério Público.

Mais notícias