Mais uma empresa recorre em licitação de pavimentação estimada em R$ 17 milhões

Anfer Construções foi classificada em uma das etapas para obras no Complexo Nasser, em Campo Grande

A Anfer Construções e Comércio recorreu do resultado da licitação de R$ 17 milhões, que prevê pavimentação do Complexo Nasser, de acordo com aviso divulgado no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta quarta-feira (20).

Em 26 de setembro, a empresa foi habilitada na concorrência, junto com a Construtora Tripolo, DMP Construções, Coplan Construções Planejamentos Indústria e Comércio, Engepar Engenharia e Participações, São Luiz, Equipe Engenharia. Já a Teccon S/A Construção e Pavimentação foi desclassificada.

Já em 29 de outubro, de acordo com dados divulgados no Portal da Transparência, a Engepar Engenharia, que havia recorrido do primeiro resultado, teve o recurso negado e a Teccon, inabilitada em um primeiro momento, foi classificada. Agora, a Anfer que recorre da licitação e a Comissão Permanente de Licitação abriu cinco dias para avaliação. O conteúdo dos recursos não fica disponível para acesso no Portal da Transparência.

Segundo o memorial descritivo, as obras referem-se à etapa A de pavimentação, drenagem, mobilidade e acessibilidade, sinalização viária no setor Imbirussu/Segredo – Complexo Nasser, que fica na região norte da cidade. O acesso principal fica na Rua Doutor Miguel Vieira Ferreira.

Fazem parte a Vila Nasser, Santa Luzia, Vila Cox, Jardim Alto São Francisco, Jardim das Acácias, Vila Lili,Parque Residêncial Azaléia, Jardim Veneza, Loteamento Municipal Dr. Miguel Vieira Ferreira, Jardim Fluminense, Nossa Senhora das Graças, Vila Nilza, Jardim Paquetá, Coophasul, Vila Nossa Senhora Aparecida, Vila Neuza, Vila Marli, Vila Novo Horizonte, Bosque da Saúde, São Caetano, Jardim Paradiso, Jardim Monte Alto, Loteamento Dona Dedé, Setvillage I e II, Água Limpa Park, Residencial Carajás, Morada dos Deuses, Residencial Alto Tamandaré e Residencial Recanto do Cerrado.

Mais notícias