Licitação para reforma de três terminais na Capital é aberta por R$ 2,3 milhões

Demais locais de transbordo também serão revitalizados ao custo de R$ 3,2 milhões, segundo anunciado pelo município

Os terminais Júlio de Castilho, Bandeirantes e Guaicurus serão os primeiros a passar por reforma. Nesta sexta-feira (9), a Prefeitura de Campo Grande abriu a primeira licitação no valor de R$ 2,3 milhões, marcando para 11 de setembro, às 8 horas, a abertura de propostas.

O segundo, ainda não lançado, abrangerá os terminais Nova Bahia, Morenão, General Osório, Aero Rancho e os pontos de integração. Este lote custará R$ 3,2 milhões. Os locais recebem pelo menos 230 mil passageiros diariamente e nunca passaram por revitalizações. O que se vê são estruturas deterioradas, pichações e banheiros danificados.

Segundo a Prefeitura de Campo Grande, a reforma do Terminal Bandeirantes terá custo de R$ 867 mil; Guaicurus, R$ 590 mil e no Júlio de Castilho, R$ 782 mil. O projeto contempla banheiros, troca de bebedouros, bancos, revisão das instalações elétricas, hidráulicas, projeto e segurança contra incêndio e pânico, reparos na cobertura, piso rígido do pátio, pintura geral, troca dos bancos, sala para descanso dos funcionários.

Também estão previstos estacionamento de bicicleta, urbanização e acessibilidade, guarita dos guardas municipais, além de grades móveis para o fechamento dos terminais durante a madrugada. O diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Trânsito e Transporte), Janine de Lima Bruno, estima que a licitação seja concluída em 90 dias e a obra dure o mesmo prazo.

Mais notícias