Investigação é aberta contra policial suspeito de furtar 177 kg de maconha

Abertura de apuração comandada pelo MPMS foi publicada em Diário Oficial

O MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) abriu inquérito civil para apurar as circunstâncias em que o policial civil Eduardo Luciano Diniz, de 37 anos, teria furtado 177 kg de maconha da delegacia de polícia de Itaquiraí – cidade localizada a 402 quilômetros de Campo Grande, no sul do Estado.

De acordo com o publicado no Diário Oficial do MPMS, o inquérito civil será comandado pelo promotor Paulo da Graça Riquelme de Macedo Júnior, da comarca de Itaquiraí, e vai apurar não só a conduta de Diniz, mas se há o envolvimento de outras pessoas.

Investigador, Eduardo foi afastado e ficou foragido pelo crime e foi preso meses depois. Ele é acusado de trocar 177 kg de maconha, que foram apreendidas e estavam na delegacia, por droga de qualidade inferior. O entorpecente foi levado para uma chácara.

Cristiano da Silva Marques, de 32 anos, e Moisés Lopes Ferreira, de 37 anos, teriam ajudado o investigador no crime. Moisés acabou preso, apontado como receptador da droga. Durante as investigações, foram apreendidos uma arma calibre 32 e sacos utilizados para transporte e armazenamento da droga.

Mais notícias