Governo prorroga contratos de R$ 52 milhões com a Digix

Acordos com a Secretaria de Fazenda e com a Agência de Habitação Popular foram prorrogados por mais 12 meses

O Governo de Mato Grosso do Sul publicou nesta sexta-feira (23) a prorrogação de dois contratos com a empresa Dígithobrasil Soluções em Software Ltda, um vinculado à Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda) e outro com a Agehab (Agência de Habitação Popular), que somados chegam a R$ 52,6 milhões.

O contrato com a Sefaz foi assinado em julho de 2014, na gestão André Puccinelli (MDB), após a Dígithobrasil, também conhecida como Digix, vencer a concorrência para prestar serviço de “alocação de horas técnicas e fornecimento de sistema de informática” no valor de R$ 48,8 milhões, cifra que deveria ser paga em 12 parcelas mensais de R$ 4 milhões.

Este é o oitavo termo aditivo ao contrato, que será prorrogado em “caráter excepcional” por mais doze meses, sem alteração de valores.

O novo acordo é válido a contar de 16 de julho de 2019 ou até que seja concluído um novo processo licitatório. Assinaram o secretário de Fazenda, Felipe Mattos de Lima Ribeiro, e a representante da empresa, Suely Aparecida Carrilhos de Almôas.

Já o contrato com a Agehab foi assinado em agosto de 2018, após licitação para “contratação de empresa especializada no fornecimento de solução de gestão de programas habitacionais, incluindo a operacionalização dos serviços e a disponibilização de equipamentos”.

O acordo com a Dígithobrasil era válido por 12 meses, com valor de R$ 3,7 milhões. Este é o primeiro termo aditivo ao contrato, que passa a vigorar por mais um ano, contados de 27 de agosto de 2019 a 26 de agosto de 2020. Assinam a presidente da Agehab, Maria do Carmo Avesani, e Suely Almôas.

Mais notícias