Publicidade

Governador designa ordenador de despesa Sedhast e exonera adjunto da Sefaz-MS

Nomeações estão no Diário do Estado

Na edição desta segunda-feira (4) do Diário Oficial do Estado, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) assinou decretos de nomeações e/ou exonerações em algumas das principais secretarias da administração tucana.

O governador assinou o decreto que designou o atual adjunto da Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho), Adriano Chadid Magalhães, a cortar do primeiro dia de 2019, como ordenador de despesas da pasta.

Da Sefaz-MS (Secretaria de Estado de Fazenda), o governador exonerou, de acordo com o Diário, o servidor Lauri Luiz Kener, da função de ‘secretário-adjunto’, com efeito a partir de 1º de fevereiro de 2019.

O ex-secretário-adjunto da Sefaz, o auditor da receita Cloves Silva, também foi exonerado do cargo comissionado que ocupava na pasta.

Ainda na Sefaz, o governador nomeou cinco servidores para ocuparem cargos comissionados, entre eles o próprio Lauri Luiz Kener, Luiz Renato Adler Ralho, Bruno Batista Gonzaga, Edileuza Maria de Lima Jara e Plínio Antonio de Souza Gestão, passam a exercer, desde 1º de fevereiro, função na pasta.

Mais notícias