Fila no HR de Ponta Porã para cirurgia ortopédica é investigada pelo MPMS

Situação é apurada desde setembro do ano passado, quando chegaram denúncias de fila no HR

O MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) abriu inquérito civil para investigar a fila no setor de ortopedia do HR (Hospital Regional) de Ponta Porã, causada pela quebra de um equipamento no Centro Cirúrgico.

Conforme publicado no Diário Oficial do MP desta terça-feira (20), serão apurados os danos que usuários do SUS (Sistema Único de Saúde) sofreram no período em que o equipamento ficou estragado e, assim, inutilizado, gerando fila no HR.

Em procedimento preparatório, iniciado em setembro do ano passado, foram arrolados dados de pessoas que teriam sido prejudicadas com o problema – que já foi solucionado pelo hospital, que é de responsabilidade do Governo do Estado.

Contudo, atualmente ele foi concedido ao Instituto Gerir, OSS (Organizações Sociais de Saúde), que diante do problema, deu altas aos pacientes. Vários deles acabaram buscando atendimento no Hospital Cassems, que vai fornecer uma lista de pacientes para ser analisar e, se necessários, chamados pelo MP.

O inquérito civil será tocado pela 1ª Promotoria de Justiça e Patrimônio Público e Social de Ponta Porã, sob responsabilidade do promotor Gabriel da Costa Rodrigues Alves. Os dados podem ser consultados abertamente clicando neste link.

Mais notícias