Projeto de contenção para barragem que caiu em Porto Murtinho custará R$ 427 mil

Schettini Engenharia vai elaborar projeto para recuperação do dique de contenção das margens do Rio Paraguai

Sem licitação e de forma emergencial, a empresa Schettini Engenharia Ltda foi contratada pela Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), para elaborar um projeto de recuperação e reforço de contenção no dique de Porto Murtinho, distante 435 quilômetros de Campo Grande. 

Uma parte das placas de contenção das margens do Rio Paraguai desmoronou no dia 28 de outubro e o desmoronamento ocorreu na parte central da cidade, em trecho onde o Rio Paraguai é mais profundo. A situação poderia ser catastrófica para a cidade, se o nível do rio estivesse maior. 

Com a situação, o governo estadual decretou situação de emergência. Sendo assim, as empresas que vão trabalhar para reconstruir o dique, não precisam de licitação para realizar os serviços. 

No Diário Oficial desta segunda-feira (2), a Agesul divulgou o nome da empresa especializada para elaboração do projeto de recuperação e reforço da cortina de contenção do dique de Porto Murtinho. 

O valor do contrato é de R$ 427.148,43 e o projeto precisa ser concluído em 60 dias. 

Mais notícias