Diárias pagas na Câmara de Caarapó viram alvo de inquérito do MPMS

Investigação irá abranger pagamentos feitos a vereadores e servidores públicos

Indícios de irregularidades no pagamento de diárias na Câmara de Vereadores de Caarapó levou o MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) a instaurar inquérito civil para apurar o caso.

A abertura do procedimento, que irá tramitar sob o n.º nº 06.2019.00001331-4, foi publicada na edição de segunda-feira (7) do Diário Oficial do MPMS, já disponível para consulta.

Conforme a publicação, os trabalhos serão conduzidos pela 1ª Promotoria de Justiça de Caarapó, sob coordenação da Promotora de Justiça Fernanda Rottili Dias.

A reportagem do Jornal Midiamax tentou entrar em contato com a Câmara, mas em virtude do final de semana não obteve retorno. Permanece aberto o espaço caso os vereadores queiram se manifestar sobre a abertura de investigação.

Mais notícias