R$ 248 milhões de folha: deputados aprovam reajuste de 5% para servidores do MPMS

A projeção de gastos em 2019 com folha de pagamento encaminhada pelo MP no projeto é de R$ 248 milhões

Passou pela segunda votação e foi aprovado pelos deputados estaduais em sessão nesta quarta-feira (4), projeto de Lei com reajuste de 5% no salário dos servidores do MPMS (Ministério Púbico Estadual). O mesmo índice deve ser aplicado aos auxílios saúde, alimentação e transporte.

O projeto encaminhado para a ALMS (Assembleia Legislativa) no dia 2 de julho, trata sobre os valores dos vencimentos-base sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração dos Servidores do MP que se encontram em vigor, com reajuste de 5%.

Segundo a proposta, o aumento vai se estender para os inativos e pensionistas que adquiriram direito à paridade com os servidores ativos.

As despesas decorrentes com o reajuste salarial, serão da dotação orçamentária própria. Apenas Capitão Contar (PSL) foi contra o reajuste em primeira e segunda votação. A redação final do projeto vai ser analisada novamente, para depois, seguir para sanção do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). 

Reajuste

A projeção de gastos em 2019 com folha de pagamento encaminhada pelo MP no projeto é de R$ 248 milhões, contra os R$ 183 gastos em 2018. Um aumento de R$ 65 milhões, ou seja, um aumento de mais de 26% de um ano para o outro.

Somente nos três auxílios citados, a previsão de gastos é de R$ 146 mil ao mês, em um total de R$ 1,7 milhão ao ano.

Mais notícias