Candidatura é barrada e briga pela reitoria da UEMS fica com 3 nomes

Campanha eleitoral para o 1º turno começou dia 4 de maio e segue até 4 de junho

Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (6) a homologação dos registros das candidaturas na disputa pelos cargos de reitor e vice-reitor da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul). Foram quatro candidatos inscritos, mas a Comissão Eleitoral do pleito barrou um dos pretendentes.

Disputam a sucessão do reitor, professor Dr. Fábio Edir dos Santos Costa, os candidatos Esmael Almeida Machado, Laércio Alves de Carvalho e Adriana Rochas de Carvalho Fruguli Moreira.

Já a sucessão do vice-reitor, professor Dr. Laércio Alves de Carvalho, disputam, respectivamente, os candidatos Lucélio Ferreira Simião, Celi Corrêa Neres e Miguel Ângelo Batista dos Santos.

A Comissão Eleitoral decidiu não homologar o registro de candidatura de Roseli Rocha e Wilson Brum Trindade Júnior, para os cargos de reitor e vice, respectivamente. O dispositivo do edital apontado na publicação para a barrar a candidata trata de falha ou omissão no pedido de registro.

A homologação foi assinada no dia 3 de maio pelo presidente da Comissão Eleitoral, Cleverson Daniel Dutra.

A campanha eleitoral teve início no dia 4 de maio e segue até 4 de junho de 2019. Em caso de segundo turno, a campanha terá início no dia 14 de junho e término no dia 1° de julho de 2019.

O primeiro turno das eleições está previsto para o dia 6 de junho, e se necessário um segundo, será realizado no dia 3 de julho. Estão aptos a votar docentes, técnicos-administrativos efetivos, além de alunos de graduação e pós-graduação regularmente matriculados.

Mais notícias