Com pátio cheio e com riscos à população, delegacia de MS vai leiloar veículos

Maioria é considerada sucata inservível

Na edição desta quinta-feira (21), do Diário Oficial do Estado, a delegacia de polícia do município de Paranhos, na região de fronteira com o Paraguai, divulgou relação de veículos apreendidos no local que podem ir a leilão.

A publicação, assinada pelo delegado titular de Paranhos, Edgard Punsky de Souza, explica que os veículos, apreendidos ou recolhidos no pátio da delegacia, estão em sua maioria em estado de ‘sucata inservível’ e em ‘contínua deterioração’.

O edital diz também que os bens, sem vinculação a procedimento judicial ou policial, não foram ainda reclamados por seus proprietários ou responsáveis, que agora têm 30 dias para evitar que os veículos sejam leiloados.

Além de ‘embaraço à administração pública’, as sucatas inservíveis e expostas ‘às intempéries’, oferecem risco à saúde pública, uma vez que estão expostas no pátio aberto a chuva e sol, propícios criadouros de mosquitos, além de estarem sujeitas à ação de vândalos.

Para requerer o bem de volta, o proprietário precisa apresentar prova ‘cabal da propriedade’, além da quitação de eventuais débitos fiscais.

Confira os veículos listados no edital:

Mais notícias