Com mais R$ 2,8 milhões em recursos, Santa Casa terá que devolver R$ 131,4 mil

Verba que será devolvida é referente ao Incentivo de Especializada aos Povos Indígenas

Foi oficializado com publicação no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta segunda-feira (22) os aditivos mensais de R$ 2.850.000 assinados entre Santa Casa, prefeitura e Governo, no dia 12 deste mês. Além disso, foi divulgada a supressão de outro contrato, que somará devolução de R$ R$ 131,4 mil.

Conforme o extrato de convênio, que se refere a valores anuais, foram acrescidos R$ 13.308.698,67 em recursos federais e outros R$ 21 milhões em recursos estaduais, ambos válidos a partir de abril de 2019 – ou seja, com validade retroativa. Os valores são referentes ao Hospital do Trauma, que ainda não opera.

Assim, a Santa Casa terá por ano R$ 294.822.131,14, contra os R$ 258.844.856,47 repassados anteriormente – um terceiro aditivo, de R$ 1,8 milhão, com recursos federais, foi fechado também entre as três partes.

Já a supressão que resultará em devolução é referente ao Incentivo de Atenção Especializada aos Povos Indígenas, do período de junho de 2018 a junho de 2019. O valor dos referidos meses, somados, fica em R$ 131.424.

Mais notícias