Câmara aprova reajuste de 3% no salários dos servidores e vale-alimentação de R$ 800

São 680 servidores atuando na Casa de Leis, com salários que variam de R$ 998 a R$ 5.410,47

Na contramão de possível reajuste zero do governo estadual, a Câmara de Vereadores de Campo Grande, aprovou durante sessão realizada nesta terça-feira (21), reajuste de 3% no salário de servidores e o vale-alimentação subiu de R$ 650 para R$ 800.

Foram aprovados dois projetos de resolução, o de número 257 e 258 sobre o aumento. São 680 servidores na Casa de Leis com salários que variam de R$ 998 a R$ 4.663,17 entre os efetivos e entre comissionados, variam de R$ 998 a R$ 5.410,47. Os projetos foram aprovados por 24 votos favoráveis e nenhum contrário.

De acordo com o presidente da Comissão de Finanças, Eduardo Romero (Rede), a Câmara está com saúde financeira tranquila. “Temos devolvido boas somas no fim do ano para prefeitura. Em 2018, o valor foi de R$ 7 milhões”, considerou.

Romero ponderou que o reajuste não vai impactar nos cofres da prefeitura, pois o valor já está no duodécimo repassado para a Casa de Leis.

O presidente da Câmara de Vereadores, João Rocha (PSDB), justificou que as finanças da Casa estão sob controle e o reajuste de 3% está dentro daquilo que há possibilidade de dar. “Houve estudo técnico que avaliou e chegou nesse patamar”.

Sobre o aumento no vale-alimentação, Rocha falou que foi espécie de compensação respeitando as possibilidades financeiras da Casa e “compensando o aumento de 3% no salário”. O reajuste passa a valer a partir de junho.

Mais notícias