ALMS analisou 252 projetos e realizou 210 votações no primeiro semestre

Além disso, 127 emendas foram feitas à propostas que foram analisadas pela Casa de Leis

Em seis meses, a ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) analisou 252 propostas legislativas, oito vetos do Executivo e 127 emendas aos projetos avaliados pela Casa, conforme relatório semestral divulgado nesta segunda-feira (15).

Conforme o publicado no Diário Oficial Legislativo, a atuação se refere aos meses de fevereiro, março, abril, maio, junho e julho deste ano. Nesse período, foram realizadas 69 sessões ordinárias e 210 votações.

Além disso, 252 relatórios iniciais foram produzidos. Entre as propostas legislativas analisadas, os projetos de lei são maioria, somando 168 processos. Março e abril, com respectivamente 39 e 38 projetos, foram os meses com maior demanda.

Já o mês de junho foi o com maior número de emendas a projetos apresentado: 36. Ao todo. 5.914 ofícios foram confeccionados no semestre, além de 35 atos, 56 ordens do dia, 283 comunicações internas, 46 autógrafos e 103 decisões proferidas.

Mais notícias