Agesul prorroga prazo para cascalhamento em rodovia de Corumbá

Serão mais 180 dias de obras para concluir 17 quilômetros de restauração na MS-228

A empresa A.L dos Santos e Cia vai ficar mais 180 dias trabalhando em trecho da rodovia MS-228, em Corumbá, distante 418 quilômetros de Campo Grande devido a complexidade da obra.

O prazo do contrato com a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) foi prorrogado nesta quarta-feira (21) e publicado no DOE (Diário Oficial do Estado). 

De acordo com a prorrogação, a empresa está fazendo a restauração com revestimento primário na MS-228, entre a BR-262, Lampião Aceso e subtrecho na MS-184, Curva do Leque. Serão restaurados 40 quilômetros. 

Segundo a Agesul, a obra está com 23 quilômetros concluídos e o motivo da prorrogação foi a demora do licenciamento ambiental da jazida de cascalho que está sendo utilizada no encascalhamento. “Trata-se de uma obra complexa, em local de difícil acesso, com desafios de logística”, diz a nota.

A obra foi orçada em R$ 8,5 milhões, viabilizada com recursos do Fundersul  (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário do Estado do Mato Grosso do Sul).

Mais notícias