Manutenção de ruas sem asfalto em 2 regiões da Capital vai custar R$ 5,7 milhões

Contratos foram divulgados no Diário da Capital

Engenex cuidará de vias sem asfalto na Capital (Foto: Divulgação/PMCG)

A Prefeitura da Capital tornou público, no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta quinta-feira (23), a celebração de dois contratos, com uma mesma empresa, que somam um pouco mais que R$ 5,7 milhões.

A Empresa Engenex Construções e Serviços e a Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos), assinam os contratos que visam a ‘execução de manutenção de vias não pavimentadas, com revestimento primário, em vias urbanas’ de Campo Grande.

O primeiro contrato, no valor de R$ 3.448.107,58 (três milhões, quatrocentos e quarenta e oito mil, cento e sete reais e cinquenta e oito centavos) visa manutenção das vias da região urbana do Lagoa, que tem cerca de 181km de vias não pavimentadas, de acordo com a Prefeitura.

Já o segundo extrato publicado hoje, de R$ 2.331.229,37 (dois milhões e trezentos e trinta e um mil e duzentos e vinte e nove reais e trinta e sete centavos), se refere às vias da região do Imbirussu, com 112 km de vias não pavimentadas

Os dois contratos têm validade de um ano e são assinados pelo titular da Sisep, Rudi Fiorese, e por Mamed Dib Rahim, pela Engenex.

Mais notícias