Educação de MS recebe suplemento de R$ 252 milhões para manutenção de despesas

Recursos serão utilizados para pagamento de pessoal e outras despesas

Pelo menos R$ 198 milhões serão para pagamento de pessoal da SED (Reprodução: SED)

O governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), autorizou o suplemento de R$ 252 milhões de créditos ao orçamento da SED (Secretaria de Estado de Educação), por meio de um decreto desta quinta-feira (26).

O decreto trata de cancelamentos e suplementos aos caixas de diversas pastas do governo do Estado. Dos recursos para a SED, R$ 198 milhões serão utilizados no pagamento de pessoal, e R$ 54 milhões para outras despesas.

Os créditos são oriundos de um cancelamento de outra fonte do governo, voltada para o pagamento de encargos gerais financeiros do Estado. O setor teve R$ 252 milhões cancelados por meio do decreto.

Outros R$ 21,5 milhões foram suplementados ao orçamento da Ageprev (Agência de Previdência Social de Mato Grosso do Sul), para garantir o pagamento de inativos e pensionistas. Nesta quarta-feira (25), outros R$ 258 milhões foram suplementados ao orçamento da pasta.

Ao todo, R$ 290 milhões foram suplementados aos orçamentos das diferentes pastas do governo estadual, enquanto R$ 268 milhões de créditos foram cancelados.

Mais notícias