Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Conclusão do Centro de Belas Artes e de esportes vai custar R$ 11,5 milhões

Caixa vai emprestar o dinheiro

A Prefeitura de Campo Grande publicou no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta quarta-feira (28), a lei que autoriza o empréstimo de R$ 11,5 milhões para investir em obras de infraestrutura na Capital.

De acordo com a publicação, o dinheiro, que será emprestado pela CEF (Caixa Econômica Federal), é oriundo do Finisa (Linha de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento), e tem como um dos objetivos ‘fortalecimento institucional da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (SISEP)’.

A lei, assinada pelo prefeito Marquinhos Trad  (PSD), determina que o dinheiro será destinado ao financiamento das obras como o Centro Municipal de Belas Artes, prédio inaugurado no começo dos anos 1990 pelo ex-governador Pedro Pedrossian para ser a rodoviária, mas que nunca chegou a funcionar.

O recuso também será usado para ‘conclusão do Centro de Arte e Esporte Unificado (CEU) Jardim Noroeste, do Centro de Arte e Esporte Unificado (CEU) Jardim Parque do Sol e infraestrutura do entorno’.

Como garantia em caso de não pagamento do empréstimo, a Prefeitura vinculou à operação recursos do FPM (Fundo de Participação dos Municípios).

A publicação ainda autoriza a Prefeitura a abrir credito especial no orçamento da Capital no valor total do empréstimo, de R$ 11.595.000,00 (onze milhões e quinhentos e noventa e cinco mil reais).