Vereadores, prefeito e primeira-dama estão na mira do MPE

Supostas diárias irregulares motivaram apurações

Assim como ocorre em Ladário, o MPE (Ministério Público Estadual) instaurou procedimento preparatório para obter esclarecimentos a respeito do pagamento de diárias dos vereadores de Anaurilândia em relação ao exercício de 2015. Além disso, outro processo foi aberto para apurar o prefeito bem como a primeira-dama e secretária de Assistência Social da cidade Vagner Guirado (PR) e Berenice Guirado, respectivamente, neste mesmo sentido.

Segundo publicação do Diário Oficial do Órgão desta quinta-feira (14) o objetivo é “esclarecer o pagamento de diárias ao Prefeito Municipal e à Secretária Municipal de Assistência Social nos meses de novembro/dezembro de 2015, bem como apurar o pagamento realizado por meio do empenho”.

O segundo texto diz que a intenção é “ Obter esclarecimentos a respeito do pagamento de diárias aos vereadores, relativo ao exercício financeiro de 2015”. Ambos os procedimentos são assinados pelo promotor de Justiça, Allan Thiago Barbosa Arakaki.

O Diário traz, ainda, procedimento para investigar denúncia recebida pela ouvidoria do MPE relatando eventual prática de ato de improbidade administrativa na criação de loteamento pelo prefeito de Itaporã, Wallas Milfont (PDT) e pelos legisladores da cidade.

Vereadores, prefeito e primeira-dama estão na mira do MPE
Mais notícias