Superlotação carcerária na Capital é alvo de investigação do MPE

Promotoria abriu inquérito para apurar irregularidades 

A superlotação em unidades prisionais de Campo Grande é alvo de investigação do MPE (Ministério Público Estadual), conforme edital publicado nesta quinta-feira (14) no Diário Oficial do órgão.

A 50ª Promotoria de Justiça da Comarca de Campo Grande instaurou inquérito civil para “apurar a superlotação carcerária nas unidades penais de regime fechado da Capital”, conforme publicação.

O documento foi assinado na última terça-feira (12) pela promotora de justiça, Jiskia Sandri Trentin.

Superlotação carcerária na Capital é alvo de investigação do MPE

Superlotação carcerária na Capital é alvo de investigação do MPE
Mais notícias