MPE investiga falta de medicamento para detentas em MS

Informações são do Diário Oficial

O MPE (Ministério Público Estadual) instaurou inquérito civil para apurar o Estado, a Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública), além da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) para apurar a falta de medicamento presidiárias.

Segundo publicação do Diário Oficial desta quarta-feira (13) “apurar a falta de fornecimento de medicamentos às internas do Estabelecimento Penal Feminino de Três Lagoas”. Quem assina o processo é o promotor de Justiça Jui Bueno Nogueira.

 

MPE investiga falta de medicamento para detentas em MS
Mais notícias