Após arquivamentos, MPE abre novos procedimentos sobre Fertel

Ministério Público abriu mais três inquéritos

Possíveis irregularidades na Fertel (Fundação Estadual Rádio Luiz Chagas), serão investigadas em três inquéritos civis abertos pelo MPE-MS (Ministério Público Estadual em Mato Grosso do Sul). Na semana passada, o Ministério Público já havia divulgado outras cinco aberturas de investigação para investigar contratos entre a TVE e empresas privadas.

Segundo a atual direção, os procedimentos se referem a fatos que fazem parte de um ‘pacote de denúncias de dez anos atrás que estão sendo paulatinamente arquivadas’. 

Serão investigas possíveis irregularidades apontadas em relatórios elaborados pela Auditoria-Geral do Estado, existentes em processos administrativos abertos na Fertel.

As publicações, divulgadas no Diário Oficial do Ministério Público, desta quinta-feira (27), não traz detalhes sobre as irregularidades e do que se tratam os relatórios produzidos pela auditoria.

Os três inquéritos apuram possíveis irregularidades indicadas nos relatórios n° 02/2007, referente ao processo administrativo n°39/300.061/2005; no processo n°39/300.120/2005 e processo n°39/300.215/2005 e n°39/300.218/2005.

Os inquéritos correm na 29ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social da Comarca de Campo Grande.

Após arquivamentos, MPE abre novos procedimentos sobre Fertel
Mais notícias