Violentos e armados

Agentes em forças de segurança continuam nas ruas enquanto capivara reúne casos escabrosos

Ilustração. Foto: Marcos Santos/USP

Mesmo após tragédia expor falta de qualificação geral, continuam nas ruas agentes de segurança cujas ‘capivaras’ reúnem todo tipo de delito. Com grupo inicial sem seleção eficiente, instituição mantém muitos que não conseguiram se manter na ativa em outra instituição e entraram na base do atalho, sem formação mínima, nem filtros básicos como exames psicológicos e investigação social mínima.

Enquanto isso, chefes mantêm discurso bonito alusivo ao Mês da Mulher. Mas, hipocrisia contrastaria com suposta realidade de omissão e acobertamento para homens que respondem por violência doméstica enquanto andam por aí portando armas e pagando de corretos…

Violentos e armados
Mais notícias