Pagar pra ver capivara em Campo Grande?

Planos de privatização do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) incluem até Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande

Ver capivara em Campo Grande pode virar atração paga no Parque das Nações Indígenas (Montagem sobre foto, Reprodução/Secom MS)

Ver capivara em Campo Grande faz parte da rotina para quem mora na cidade. Além de fofas, e renderem ótimos , elas povoam vários pontos da capital no entorno de rios, córregos e lagos.

Mas, se depender do governador (PSDB), pelo menos no , ponto turístico da Cidade Morena, ver capivara em Campo Grande pode virar programa pago!

Depois de vender a operação da Sanesul com uma PPP (parceria público-privada), o Governo de está empolgado para entregar à iniciativa privada outros setores.

Mesmo afetado pelo assoreamento, e após consumir fortuna pública para salvar o lago principal, o seria entregue à exploração privada.

Assim, já firmou um acordo com o BNDES para avaliar as ‘concessões’ de 4 parques. Desta forma, estão na lista em Campo Grande o Parque do Prosa e o das Nações Indígenas.

Além disso, no interior podem virar atrações privatizadas pelas PPP as Várzeas do Rio Ivinhema, as Nascentes do e até a famosíssima Gruta do Lago Azul, em Bonito.

Ao ver capivara em Campo Grande, devo avisar o Midiamax?

Se você está por dentro de alguma informação que acha importante o público saber, fale com jornalistas do Jornal Midiamax!

O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Se preferir, você também pode falar com o Jornal direto no Messenger do Facebook.

Envie flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões com total sigilo garantido pela lei.

Pagar pra ver capivara em Campo Grande?
Mais notícias