Embolsou dinheiro de campanha e mandou credor ‘por na conta do Abreu’

Período eleitoral fez a alegria dos espertalhões que deixaram rombo para trás de olho em 2022

Espertalhão que isolou candidato iludido embolsou dinheiro de campanha e deixou galera da legenda com enrascada para resolver.

O período eleitoral mal acabou, mas já surgem os velhos problemas com resquícios de campanha revelando esquemas dentro de diretórios.

Assim, segundo relatos de comitê bem abastecido, já tem campanha de 2022 praticamente paga só com o que teria sido desviado.

Dinheiro de campanha sem origem e cobrança perigosa

No entanto, o sujeito teria exagerado na empolgação e embolsou mais do que o inicialmente planejado, deixando conta com colaborador importante descoberta.

Procurado, mandou credor ‘por na conta do Abreu’. A atitude, dizem, desesperou dirigentes porque sabem que o fornecedor tem muita informação privilegiada sobre lavagem de dinheiro.

Agora, diretório deve ter mais um para resolver, já que a briga deve ficar só nos bastidores.

É que, segundo consta, o dinheiro desviado nem estaria na prestação oficial de contas da campanha e o dono tem documentos comprometedores.

Tá sabendo de algo? Conta jornalistas do Midiamax!

O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas.

Se preferir, você também pode falar com o Jornal direto no Messenger do Facebook.

Envie flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões com total sigilo garantido pela lei.

Embolsou dinheiro de campanha e mandou credor 'por na conta do Abreu'
Mais notícias