Batom no revólver???

Defensor da moral e dos bons costumes teria tropeçado feio dentro do gabinete

Defensor da moral andou sujando de batom a ponta do revólver dentro do gabinete (Reprodução, Web)

Silêncio absoluto de falastrão sobre escândalo que deve virar notícia em breve é considerado por aliados como confissão de culpa em suposto deslize dentro do próprio gabinete. A trapalhada atenta contra a tão defendida moral e sapateia sobre os bons costumes. Mas, o problema mesmo seria ter envolvido cargo e verba pública.

Sujeito macho teria lambuzado de batom o revólver. Até aliados no discurso conservador estão pianinhos sobre o caso, que envolveria traição dos votos matrimoniais e, para implicações públicas, o favorecimento descarado da eventual namorada com escalada no salário pago com dinheiro público.

Para piorar, o sujeito se acha muito bom nos paranauês digitais, como exploração de fakenews e manipulação de imagens públicas, e resolveu impulsionar o perfil da moçoila em pleno dia de exposição pública. Tudo porque sonha em ‘importar’ a sujeita do DDD 061 para 067 com fins políticos.

Esqueceu que tudo deixa rastros e do compromisso de gigantes no combate ao uso indevido das redes sociais para fins eleitorais e desagradou até os mais próximos correligionários…

Batom no revólver???
Mais notícias