Ajustamento de conduta, sqn…

Capacho só trocou nome na plaquinha, e levou submissão a novos níveis, dizem membros...

Com 'tudo dominado', nem flagrantes de ilegalidades milionárias deve render ação efetiva nos próximos 2 anos (Reprodução, Web)

Novo gabinete levando a novos níveis a submissão que revolta minoria. Após quem trabalha identificar ilegalidades milionárias, sentou com ‘quem manda’ e negociou ‘ajustamento na conduta’ como forma de oficializar acobertamento.

Assim, com a jogada, até definiram ‘teto’ para corrupção.

Além disso, como se não bastasse a conivência velada e oficializada com atos ilegais, foi até o gabinete de seu senhor, no caso, o suspeito, levar documento para assinatura no melhor estilo de capacho profissional.

Desta forma, por mais um mandato se adia o combate à corrupção em Mato Grosso do Sul por corporativismo interesseiro que manteve grupo no poder apesar de toda exposição.

A conversinha do ‘ajustamento na conduta’ ainda deve esquentar muito esquemão…

‘A verdade é que aqui não tem santo. Os menos piores, pecam por omissão’, admite um dos membros que pelo menos finge constrangimento…

Sabe alguma coisa merecendo ‘ajustamento na conduta’? Avise o Midiamax!

Saiba mais:

Balaio

Corporativismo

Se você está por dentro de alguma informação que acha importante o público saber, fale com jornalistas do Jornal Midiamax!

Fala Povo: O leitor pode falar direto no WhatsApp do Jornal Midiamax pelo número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Ajustamento de conduta, sqn...
Mais notícias