Maridão

Postura do casal expõe o marido, que ocupa cargo sensível em órgão onde postura ética deveria ser regra natural (Imagem Ilustrativa, Reprodução Web)

Casada com membro de órgão onde postura ilibada deveria ser regra, servidora é suspeita de usar e abusar do dedo de ouro do marido. Tem conseguido nomeações que melhoram o salário por onde o casal passa, pulando entre esferas do poder conforme as transferências do maridão. As coincidências constrangem quem trabalha junto com o esposo. No entanto, mesmo ocupando função estratégica, justamente no combate aos desvios éticos no trato com a gestão pública, ele parece pouco preocupado…

Mais notícias