Política / Pimenta

Tiracolo

Chefe bateu cartão em QG mal frequentado, e foi levado a tiracolo por antecessor.

Éser Cáceres Publicado em 29/07/2016, às 08h00

None
corrupcao-cafofo-reuniao-corruptos.jpg

Chefe bateu cartão em QG mal frequentado, e foi levado a tiracolo por antecessor.

Chefe de órgão que sofre graves questionamentos por condutas duvidosas bateu cartão em reunião pra lá de suspeita. Foi a tiracolo de antecessor, reforçando suspeitas internas que já tornam o racha público quase inevitável. Quem perde é o combate à corrupção, já que o sujeito foi eleito como promessa de ser 'um passo adiante' para colegas de mãos limpas, mas não abre mão dos aconchavos e de pedir benção em QG de corruptores e corruptos.

Jornal Midiamax