Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Desembargador Carlos Contar é eleito para corregedoria-geral do TJMS

O desembargador substitui Romero Lopes, que morreu na semana passada

O desembargador Carlos Eduardo Contar foi eleito, nesta quarta-feira (11), para atuar como o novo corregedor-geral de Justiça. Ele comandará a corregedoria até o fim deste ano e substitui o desembargador Romero Osme Dias Lopes, que morreu na semana passada.

De acordo com a assessoria de imprensa do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), Contar ingressou na magistratura como desembargador na vaga correspondente ao quinto constitucional reservada ao Ministério Público, em agosto de 2007. Ele foi o Procurador de Justiça mais votado entre os concorrentes da lista tríplice do Parquet enviada ao Tribunal Pleno para votação.

Em junho de 2018, conquistou o primeiro ISO 9001 entre todos os órgãos públicos de Mato Grosso do Sul – a mais importante certificação de Sistema de Gestão de Qualidade (SGQ). A certificação é o coroamento de um trabalho sistêmico e eficiente que reduziu substancialmente os processos do gabinete para um acervo mínimo, do qual há controle total.

No ano de 2016, quando apurada a produtividade em atendimento à Meta 1 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o Des Carlos Eduardo Contar atingiu o índice de julgamento correspondente a 115,08%, destacando-se em 1º lugar no Tribunal de Justiça de MS. Mantendo o mesmo propósito de eficiência, celeridade e da melhor correção na aplicação do Direito e da Justiça, finalizou o ano de 2017 com a menor carga de processos existentes em seu poder, distinguindo-se, novamente, em 1º lugar dentre os membros da Corte Estadual.

Carlos Eduardo Contar é natural da capital sul-mato-grossense, formado em Ciências Jurídicas e em Filosofia. Tem Mestrado em Ciências Jurídicas pela Universidade de Coimbra (Portugal). Preside a 2ª Seção Criminal, é membro vitalício do Órgão especial e atua no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MS).

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...