[ BASTIDORES ] De volta aos trabalhos

‘Gratidão’

Os vereadores voltaram ao plenário na quinta-feira (18) e não faltaram elogios ao agora ex-presidente da Câmara Municipal, (PSDB).

Grande amigo

Do prefeito (PSD) ao novo presidente da Casa de Leis, (PSB), sobraram cumprimentos destinados ao vereador: “grande amigo meu”, disse .

Lembrando

Ainda em discurso, lembrou um pouco de sua história, desde o câncer que venceu no passado até quando vendia livros em Manaus. Recordou alguns momentos aos presentes na solenidade de abertura da Câmara Municipal, para dizer que hoje vive novo desafio, que é presidir os trabalhos do Legislativo municipal.

Aquele abraço

Secretário de Governo e quem representa quase sempre em eventos, Eduardo Riedel iniciou seu discurso na Casa de Leis, ‘trazendo um abraço do governador’. O discurso foi até um pouco semelhante ao do chefe do Executivo estadual, principalmente no que diz respeito à atuação firme ‘necessária para manter o equilíbrio’.

Alerta

A agenda entre os vereadores e o prefeito foi extensa e renderam discursos. Em um deles, disse que, quando assumiu o município em 2016, as pessoas falavam para ele ter muito cuidado na escolha do secretário que cuidaria da pasta de obras.

Não à toa

“Porque talvez ali seja o gargalo mais fácil de produzir algo ilícito”, disse o prefeito. Ele não mencionou, mas, de fato, hoje existe apurações no Ministério Público, justamente sobre fraude em obras públicas. A ‘Lava Jato de MS’, por exemplo, e que vai neste sentido, é a Lama Asfáltica.

Boa surpresa

O chefe do Executivo municipal contou a história para parabenizar o secretário de Infraestrutura, , dizendo que ele foi uma ‘surpresa extremamente positiva’ na gestão.

Ainda hoje

Em ambiente dominado pelos homens, ainda tem líder político que faz discurso machista. Durante as boas vindas aos vereadores, teve quem ‘separou’ na frase os ‘vereadores e a Camila’. Ela é vereadora, assim com os demais que na ocasião estavam, mas a única mulher e a mais jovem entre os 29.

Mais uma

A Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda) contratou a FGV (Fundação Getúlio Vargas) para fazer a revisão da legislação sobre PPPs (parcerias público-privadas). O contrato tem 12 meses e é de R$ 535 mil.

Liquidação

O governador (PSDB) dá poucas informações sobre seu plano de terceirizações. Ele já entregou a Sanesul à Aegea e deve repassar a administração da MSGás para uma empresa em 2022.

[ BASTIDORES ] De volta aos trabalhos
Mais notícias