[ BASTIDORES ] No fundo do poço?

Fundo do poço

Ao prestar contas na Câmara Municipal, Pedro Pedrossian Neto, secretário de Finanças, disse que a economia está em depressão, mas ainda não chegamos ao fundo do poço. Os dados destes quatro primeiros meses de 2020 já começam a ficar vermelhos, o que indica crise.

No vermelho

A tendência é, no próximo quadrimestre, quando fizer novo balanço, o quadro aponte ainda mais índices em vermelho.

Melhor que outras

No fim da reunião, disse que mesmo com isso e outros fatores que ele apresentou, Campo Grande está melhor que muitas cidades e acredita, pessoalmente, que as medidas em relação à pandemia, têm de continuar.

7 mortes

Durante audiência na Câmara de Campo Grande, o secretário da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), José Mauro Filho, explicou que quis dizer que sete mortes registradas pela doença é ‘expressivo’, pois ‘cada vida é importante’, ao afirmar que a Capital ser referência em relação ao Covid não significa nada.

Se posicionou

O posicionamento ocorreu depois também que os vereadores Lívio Viana (PSDB) e Otávio Trad (PSD) disseram que ser referência significa, sim, muita coisa. “Temos que ser otimistas com os números, mas sem perder o trabalho de vista”, comentou Otávio Trad.

Exemplo

Diretor de hospital tem sido visto saracoteando por aí em plena pandemia, dando péssimo exemplo de isolamento social para todos.

Reunião

Inclusive vive promovendo encontro entre amigos, pedaladas sem máscara, restaurantes e afins. Parece que não existe coronavírus para eles.

Máscara

Entre meses de pandemia, há político que ainda pague mico em foto posando com a máscara abaixo do nariz. Qual a finalidade?

[ BASTIDORES ] No fundo do poço?
Mais notícias