[ BASTIDORES ] Desfiliação e casa nova

Boatos

Informações sobre uma possível candidatura a prefeito de Campo Grande pelo MDB de Capitão Contar (PSL), que entregou pedido de desfiliação ao partido na última segunda-feira (25), não foram confirmadas nem pelo presidente municipal emedebista, Ulisses Rocha e nem pelo deputado estadual.

Sem chance

Rocha disse que o candidato do MDB é Márcio Fernandes e não há possibilidade de troca. Afirmou também não ter conversado com Contar sobre filiação. Já o bolsonarista disse ser informações inverídicas e desconhece o assunto.

Batendo o martelo

Os desentendimentos devem seguir por mais um mês, até o período de convenções partidárias que, conforme a lei eleitoral, deverão ser realizadas de 20 de julho a 5 de agosto.

Votos

Lá, os filiados irão votar nos nomes que julgam ter mais chance para participar da disputa.
Câmbio, desligo

Cabo Almi (PT) teve a atenção chamada por Zé Teixeira (DEM) para desligar o telefone durante a sessão e o microfone, pois o petista estava atrapalhando a leitura da ata feita pelo segundo secretário da Casa de Leis.

Latindo

Em outra oportunidade, o presidente Paulo Corrêa (PSDB) perguntou se o cachorro de Almi também votaria em projeto, pois o animal não parava de latir.

Fugindo da Saúde em MS

Aos 67 anos, fazendeiro e ex-secretário de Obras de Capital que teve 75% dos dois pulmões comprometidos pelo coronavírus foi personagem de matéria da Revista Veja, sobre as operações de alto custo cada vez mais constantes na pandemia.

R$ 100 mil

Nelas, empresários contratam UTIs aéreas ao custo médio de R$ 100 mil para serem transferidos às pressas para hospitais particulares de SP.

 

[ BASTIDORES ] Desfiliação e casa nova
Mais notícias