[ BASTIDORES ] Silêncio na sessão e metralhadora

Nada a comentar

A maioria dos vereadores de Terenos permaneceu em silêncio e não falou um A sequer, durante a sessão de segunda-feira (16), sobre a suspeita que recai sobre um colega.

Cobrança isolada

Apenas um vereador, que geralmente permanece quieto nas sessões, se levantou para cobrar satisfações. Mesmo assim, mais nada foi dito sobre na Casa de Leis.

Tem que se explicar

O edil teria mantido relação sexual com menina de 13 anos, o que configura crime de estupro de vulnerável, já que não existe ato consensual nessa idade.

Mais gente

Nos bastidores é dito que há mais adultos envolvidos, o que por ora não foi confirmado. Em contato com a reportagem, o presidente da Câmara de Terenos chamou tudo de boato.

Metralhadora

Político sentido-se escanteado já começa a oferecer “amostrar grátis” de como pretende atrapalhar as pretensões daqueles que o deixaram de lado. É o ás que resta a ele?

Megafone

Pessoa alheia ao espaço em que estava andou questionando algumas pessoas se a ‘chefia’ deles poderia ser presa em breve. Os feedbacks foram caras de surpresa.

Turno duplo

Integrante do atual governo municipal de Campo Grande anda aparecendo em reuniões partidárias que podem decidir, justamente, o adversário de seu atual superior.

Tá na cara

O desejo de certo político em concorrer a prefeitura não é novidade, assim como não é novidade ele ficar fora no final das contas. O desânimo fica evidente

Mais notícias