[BASTIDORES] Projeto irônico tem trâmite normal na Câmara

Trâmite normal

Mesmo sendo mais ironia do que um projeto de fato, a medida apresentada pelo vereador Vinicius Siqueira (DEM), de colocar o nome do Terminal Guaicurus de Trad Guaicurus, está tramitando como outra proposta normal. Além de ter sido ‘dado conhecimento’ durante a sessão da Câmara Municipal ao projeto de lei, ele foi publicado no Diário Oficial da Casa de Leis de sexta-feira (22).

Ilegal

Contudo, a proposta deve ‘morrer’ por ilegalidade nas próximas etapas de tramitação. Primeiro, segundo a Câmara Municipal, projetos apresentados precisam conter em seu texto a justificativa do autor, o que não ocorreu. Além disso, não se pode dar nomes de pessoas vivas a prédios ou vias.

Ironia e cinismo

Na verdade, o projeto foi mais para criticar e ‘causar’ uma situação, do que de fato a busca pela aprovação. Siqueira disse que apresentou a medida porque, para ele, a Prefeitura de Campo Grande e Consórcio Guaicurus, concessionária do transporte coletivo, se protegem. Da família do prefeito, o vereador Otávio Trad (PTB) classificou a atitude do colega de ‘cinismo’.

Detalhe

No dia, Vinicius Siqueira mudou um pouco o projeto, colocando ‘Marquinhos Trad/Guaicurus’, mas, pelo menos na versão do Diário Oficial, a proposta que existe é ‘Trad Guaucurus’.

‘Posto Ipiranga’

Quando indagado sobre projeção do Refis (Programa de Refinanciamento) e avaliação sobre o Orçamento Municipal que tramita na Câmara Municipal de Campo Grande, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) respondeu “pergunta para o secretário de Finanças”, em todos os casos. O chefe do Executivo municipal só comentou sobre a caminhada a respeito do câncer infantil, que ocorreu na manhã de domingo.

Mais notícias