Publicidade

[ BASTIDORES ] PDV, discernimento e alerta

Cuidado

Mesmo com dinheiro em caixa para pagar eventuais adesões ao PDV (Programa de Demissão Voluntária), o governo pede que o servidor analise bem seu caso antes de aderir à proposta.

Discernimento

O líder do governo na Assembleia, deputado Barbosinha (DEM), espera ‘discernimento suficiente’ do servidor. “O PDV só é bom para quem já tinha intenção de deixar o Estado”, pontua o parlamentar.

E ai?

A vereadora bela-vistense, Fabrizia Tinoco (PRB), foi convidada pelo deputado Onevan de Matos (PSDB), da base aliada do governo, para ocupar a tribuna na Assembleia Legislativa e cobrar o próprio governo.

Falta

Fabrizia ressaltou que faltam médicos legistas em algumas cidades do interior, como Bela Vista, e reclamou da demora que famílias têm para se despedir do falecido diante da demora em liberar o corpo.

Líder

Barbosinha, líder do governo, explicou que a situação já é de conhecimento da administração de Reinaldo Azambuja, que já tem trabalhado para sanar o problema, mas que depende de concurso público para atender a demanda do interior.

Concedido

Responsável pela concessão da palavra à vereadora, Onevan se defendeu de críticas de quem o espaço no parlamento para tais cobranças deveria ser restrito aos deputados.

Procurado

“Tem assuntos que são de vereadores, mas nem por isso vamos deixar de fazer solicitações e reivindicar. A falta de médicos legistas é uma situação que se arrasta há anos e muitas famílias me procuram desesperadas, ao aguardar por mais de 24 horas para velar o ente querido que faleceu”, alegou Onevan.

Não quero

Questionado se aceitaria continuar no PP caso Alcides Bernal implorasse, Valdir Gomes diz rejeitar a ideia. “Não sou santo para ficarem se ajoelhando para mim”, brincou.

Isolado

Vereador de Campo Grande está cada vez mais só. Em votação na quinta-feira (28) foi o único a votar contra matéria enquanto todos os outros eram apenas elogios.

Mudança de comportamento

Outro parlamentar considerado polêmico tem sido mais comedido e evitado entrar em embates. A mudança é avaliada como forma de não ter os projetos barrados pelos colegas.

Mais notícias