[Bastidores] O destino de Marun

Ministro Carlos Marun durante visita a obra no anel rodoviário em Campo Grande. (Foto: Marcos Ermínio)

Juntos

Possíveis adversários nas eleições de 2020 na disputa pela Prefeitura de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD) e Ricardo Ayache (PSB) estiveram juntos em agenda pública de assinatura para implantação de ciclovia na Capital.

2022

Caso não se enfrentem no próximo ano, o embate pode acontecer dois anos depois, quando ocorre o pleito estadual. Os dois também são cotados no embate pelo comando do Parque dos Poderes, principalmente Ayache.

Marun

Nesta semana, deve ser definido o destino do ex-ministro de Michel Temer Carlos Marun no Conselho de Administração da Itaipu Binacional.

Fica ou não fica

O emedebista tomou posse no início deste ano, mas foi afastado do cargo por meio de liminar, que passa por julgamento na 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Até este momento, há o empate em 1 a 1, e cabe à presidente do colegiado, desembargadora Vânia Hack de Almeida, dar o voto de minerva nesta terça-feira (3).

Em jogo

Se mantiver sua vaga no conselho, Marun terá salário de R$ 27 mil por mês para participar de uma reunião a cada 60 dias.

Menor

Partido que teve hegemonia na Câmara de Vereadores de Campo Grande com a maior bancada, mais que o dobro da segunda, pode terminar esta Legislatura com quase metade dos parlamentares que tinha em janeiro de 2017.

Mais notícias