[ BASTIDORES ] Mal estar e figuras nacionais

Não passou

Projeto considerado inconstitucional pela CCJ, apresentado pelo deputado Marçal Filho(PSDB), não passou na votação em plenário nesta quinta-feira.

Votou contra

O próprio autor do projeto que proibia agressores de violência doméstica a participarem de programas do governo, como sorteio de casas, votou contrário na CCJ.

Pela TV

Durante a votação, Marçal saiu do plenário e antes de acabar, ficou com os jornalistas acompanhando pela televisão a votação.

Mal estar

Os vetos deste projeto causaram mal estar entre João Henrique Catan (PL) e Lidio Lopes(Patri). Após a votação acabar, Catan falou ao microfone que Lidio tinha votado de uma forma na CCJ e de outra no plenário.

De costas

Ele deu as costas para o colega, que tentou explicar que no plenário, estava votando no mérito. Catan não retornou. À imprensa, ele disse ser normal os ânimos se exaltarem no calor do momento.

Expectativa

Campo Grande volta a ser palco de eventos com figuras importantes nacionalmente quando o assunto é política partidária. Ciro Gomes participa de ato do PDT nesta sexta.

#vemgente

Nas redes sociais dos pedetistas de Mato Grosso do Sul, o que não falta é post patrocinado prometendo ato emblemático. Tudo deve ser transmitido ao vivo pela internet para os correligionários do interior do Estado.

PSL

No sábado, evento também deve reunir simpatizantes do PSL em ato de filiação. O evento acontece em hotel de Campo Grande.

Haddad

Outra promessa de aterrizar em Campo Grande é Haddad, o presidenciável pelo PT nas últimas eleições.

Mais notícias