[ BASTIDORES ] Fiel escudeiro e discussão na tribuna

Discutiram

Discussão sobre projeto de lei enviado pelo TCE para os deputados, acalorou a sessão realizada nesta quinta-feira (22). A discussão que duração de 1h30, fez até o presidente da Casa de Leis, Paulo Corrêa (PSDB), erguer a voz.

Questão de ordem

Durante a questão de ordem, o parlamentar Capitão Contar (PSL) falou olhando para os deputados ressaltando os pontos que era contrário ao projeto. Corrêa ergueu a voz para seu colega dizendo para o mesmo olhar para ele quando fosse pedida questão de ordem. Contar virou para o tucano e disse que passaria a olhar nos olhos dele, quando fosse falar.

Tirar de pauta?

Apesar de João Henrique Catan (PL), e Contar tentarem de todas as formas tirarem o projeto de pauta, inclusive não registrando presença na sessão, eles foram votos vencidos.

Proposta errada

Catan apresentou seis emendas ao projeto ontem, mas o prazo já tinha espirado. O deputado ao tentar tirar o projeto de pauta, queria apresentar duas questões sobre seus motivos, mas se referiu ao item 4, quando na verdade seria o 5. Ele repetiu diversas vezes as questões para a proposta errada.

Novo cargo

Filho de vereador recém ‘promovido’ está empolgadíssimo com nova posição política do pai. Bilíngue Senadora decidiu fazer postagem em rede social com versão em inglês, incluindo legenda da fala no vídeo.

Já passou

Tentativa feita por deputado federal de reacender polêmica contra vereadores não parece estar surtindo muito efeito.

Desnecessário?

Fiel escudeiro da gestão municipal, vereador considera desnecessária a CPI dos Ônibus e aponta outros tantas questões a resolver em Campo Grande.

Mudando o foco

Segundo ele, por exemplo, os problemas enfrentados na Santa Casa e que não se resolvem estariam sendo subjulgados pelos nobres edis em detrimento ao transporte.

Pacote 2020

Ele ainda acredita que isso se deve a proximidade das eleições em 2020, o que gera interesse de determinados nomes em embarcar em assuntos populares na mídia

Mais notícias