Publicidade

[ BASTIDORES ] Café caro e ingratidão

Cafezinho?

Quem tem tomado cafezinho caro é o MP-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) que, com dinheiro público, compra máquina para café expresso com “pressão 15 Bar ou superior” e “haste para cappuccino e bebidas quentes” a nada modestos R$ 6.199,90 (seis mil, cento e noventa e nove reais e noventa centavos).

Autoriza e desautoriza

Com o titular fora do posto de trabalho, substituto aproveita para autorizar e desautorizar como bem entende, derrubando o que já foi decidido e mantendo o que convém aos chamados amiguinhos.

Toma lá, dá cá

Entre homenagens nada sinceras, marido de um homenageia mulher do outro e assim vai. Num troca-troca de inutilidades superficiais que eles adoram colecionar.

De rosa?

Gasto inútil com a cor rosa para o Dia da Mulher chamou a atenção. Haja papel.

De Rose?

Sobre a possibilidade de Rose Modesto disputar a prefeitura em 2020, Marquinhos não polemizou. “É um direito legítimo dela”, disse.

Ingratidão?

Ao contrário do líder na Câmara, que acredita ser ‘ingratidão’ caso a candidatura da tucana aconteça, o prefeito afirmou que mais candidatos elevam o debate.

E sobre a ingratidão?

“Depende do ponto de vista”. André, Rose, Odilon… Qualquer um deles elevaria o debate, garante.

Mais notícias