[BASTIDORES] Articulações pré-posse

Gostinho

Os deputados estaduais eleitos serão empossados nesta sexta-feira (1º). Quem vai presidir a cerimônia será Onevan de Matos (PSDB), atual 1º vice-presidente da Assembleia Legislativa.

Frustrado

O tucano bem que tentou ficar com o comando da Casa na próxima legislatura, mas acabou “tratorado” pelas articulações políticas e apoio conquistado pelo correligionário Paulo Corrêa, que deve ficar com o cargo.

Não gostou

O prefeito Marquinhos Trad não gostou de ser perguntado sobre a ida de seu irmão, o senador eleito Nelsinho Trad, para o PSD. “Pergunte para ele.

Só filiado

Sou apenas um filiado do PSD, não tenho cargo nenhum lá, essa foi uma decisão dele”, limitou-se a dizer o prefeito quando questionado se a escolha do irmão tinha influências dele.

No lucro

Político que disputou vaga no Congresso e obteve porcentagem irrisória de votos, não saiu de mãos abanando das urnas.

Protagonista

Além de se destacar por papel central em racha de partido alheio, o moço acabou ganhando cargo no gabinete de recém-chegado secretário de Estado.

Extrovertidos

O clima foi de descontração durante a cerimônia de posse do desembargador João Maria Lós na presidência do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul e de Divoncir Schreiner Maran como vice e corregedor do órgão.

Amigos

Os dois são amigos de turma e já exerceram essas funções anteriormente. Inclusive, João Maria Lós nem precisou trocar de cadeira, já que estava no comando do TRE-MS em substituição a Tânia Borges.

Não apareceram

Diferentemente da cerimônia no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, cuja nova diretoria tomou posse no dia anterior, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) nem o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) prestigiaram a troca no comando no Tribunal Eleitoral.

Formalidade

Mesmo não sendo ainda oficialmente presidente da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Paulo Corrêa (PSDB) tem seguido a etiqueta do cargo e sido presença nos eventos como representante da Casa. Esteve em posição privilegiada entre os desembargadores do TRE e outras autoridades.

Mais notícias