Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

BASTIDORES: Para vereador, peão ‘pagou com a vida’

Drástico

Durante discussão na Câmara sobre roubos de fios da iluminação pública de Campo Grande, teve vereador que diz torcer pela morte do ladrão através de uma descarga elétrica no momento do furto para reduzir os prejuízos.

Morbidez

Aliás os edis estavam inspirados, teve outro que, durante discurso no plenário contra maus-tratos aos animais, lembrou do caso do peão que morreu pisoteado por um touro em Paranaíba. Para ele, o trabalhador pagou com a vida pelos maus-tratos que fazia.

Passou batido

Entre os diversos assuntos debatidos na sessão de terça-feira, nenhum passou perto da situação do Samu na cidade, que com uma dezena de ambulâncias quebradas pode deixar a população sem condução aos hospitais.

Perigo

Após descumprir ‘ordem direta do superior’ e se recusar passar por uma vistoria da prefeitura de Figueirão, motorista de ônibus escolar foi demitido por dirigir com CNH cassada.

Cervejas e chopes

A Câmara Municipal de Três Lagoas autorizou a cessão em comodato de imóvel rural que será destinado a produção de cervejas e chopes. O Poder Executivo poderá, ainda, fazer posterior doação do imóvel à cervejaria.

Firme…

Enquanto o prefeito de Paranhos não decide se volta à prefeitura da cidade depois de ser vítima de atentado, aliados acreditam que a ideia de renúncia sequer partiu dele.

…e forte

É praticamente consenso na cidade que o prefeito licenciado voltará ao cargo. Pressão da família é a explicação por entrega do cargo ter sido cogitada.

Quase impossível

Nos corredores da governadoria, pouco se acredita que o Aquário do Pantanal será uma obra findada em 2018. Os culpados pela demora, aliás, já estão até escolhidos e com o passar do tempo serão nominados.

Apareceu

Depois de declaração polêmica que causou desentendimento na alta cúpula de siglas ‘amigas’, teve político que finalmente resolver dar as caras e encarar o ‘medo’ da imprensa regional.

Blindado

Também teve assessoria de imprensa que fez de tudo para ‘blindar’ perguntas sobre decisão que barrou a conclusão de um dos maiores, quiçá o maior, elefante branco do Estado fora dos princípios da administração pública.

Você pode gostar também