Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

BASTIDORES: Futuro nas urnas e divisão

Já era

Militante histórico da esquerda sul-mato-grossense, Antônio Carlos Biffi acredita que o futuro presidente da República será Jair Bolsonaro. Ele disse que isso é culpa da própria esquerda, que se dividiu nestas eleições, e do PT, que não abriu mão do poder em favor de uma união.

Sabotagem

Biffi diz que houve uma sabotagem petista a Ciro Gomes, impedindo o ex-candidato pedetista a conseguir importantes aliados. “Agora querem que o Ciro entre na campanha. Plantaram divisão e agora querem colher unidade”, disparou.

Atrito

Sobre o racha no PDT de Mato Grosso do Sul, Biffi disse que disputas internas criaram atritos e parte de integrantes da sigla defendia pular fora do barco do postulante ao governo Odilon de Oliveira.

Problemas

Deputado saiu de forma ligeira de reunião com cúpula de partido e preferiu não dar detalhes, tampouco explicou de quem viria o problema, limitou-se a dizer apenas que houve insegurança.

Afastado

O motivo ainda não é claro, mas novo coordenador de campanha de um dos postulantes ao cargo do Estado de MS cita facilidade em trabalhar.

Confiança

Coordenador de campanha do PDT crava que vitória neste segundo turno será do juiz aposentado e fala que “o povo quer mudança”.

Compra briga

Novato no ramo político, candidato eleito insiste em comprar briga com a imprensa. Se de um lado não fica satisfeito com abordagem de veículos, por outro esquece das próprias palavras em entrevista.

Há vagas

Integrantes de equipe de candidato ao Governo parecem desacreditar em vitória no segundo turno. Já tem gente que distribui currículos em busca de novo emprego e outros que usam rede social para jogar contra o próprio chefe.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...