Política

Vereador desafia Reinaldo a baixar ICMS da gasolina e suspender IPVA na pandemia

O vereador Tiago Vargas (PSD) lançou um desafio ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB), durante sessão na Câmara Municipal de Campo Grande, nesta quinta-feira (11). Durante uso da palavra, ele criticou a cobrança de ICMS (Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) e pediu diminuição da alíquota. Também sugeriu ao Executivo que suspendesse a cobrança […]

Danúbia Burema Publicado em 11/03/2021, às 10h40

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação) - (Foto: Divulgação)

O vereador Tiago Vargas (PSD) lançou um desafio ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB), durante sessão na Câmara Municipal de Campo Grande, nesta quinta-feira (11).

Durante uso da palavra, ele criticou a cobrança de ICMS (Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) e pediu diminuição da alíquota.

Também sugeriu ao Executivo que suspendesse a cobrança de IPVA (Imposto Sobre a Circulação de Veículos Automotores), em função das dificuldades causadas à população na pandemia.

“Faço até um desafio ao governador do Estado Reinado Azambuja. Abaixa o ICMS. Nós temos um dos maiores do Brasil. Porquê não suspendeu num ano de pandemia tão difícil o valor do IPVA?”, questionou.

Toque de recolher

A fala do vereador foi feita em tom de crítica às medidas do Governo do Estado para frear o avanço da pandemia. Em especial, o retorno do toque de recolher das 20h às 5h.

“Ele vai penalizar os trabalhadores”, afirmou, dizendo que somente na Capital cerca de 10 mil famílias que trabalham na noite serão prejudicadas. “É decretar a miséria e a fome a essas famílias”, afirmou. 

Conforme o vereador, sua equipe jurídica ingressará na Justiça contra a determinação estadual.

Jornal Midiamax